Quando paramos para analisar a passagem do tempo e os dias, temos cada vez mais certeza que estamos literalmente correndo contra o tempo. A cada mês, a cada ano, o tempo passa cada vez mais rápido. Mas não para um potterhead. A última vez que a magia esteve no cinema foi em julho de 2011... e aqui estamos, cinco infinitos anos depois do lançamento do último filme de Harry Potter, aguardando de braços e corações abertos a novidade cinematográfica de J K Rowling.


     Animais Fantásticos e Onde Habitam estreou ontem, dia 17 de novembro, e eu coloquei a ansiedade, o medo e as expectativas dentro do pote de pipoca e fui conferir toda a produção na sessão das 21h... e é claro que vim deixar alguns comentários sobre o filme aqui pra vocês... então vamos lá!! Ahh.. e não se preocupem! Meu intuito aqui não é dar spoiler, e sim comentar com vocês pontos de destaque da produção cinematográfica como um todo...

     O filme foi protagonizado pelo ilustre Eddie Redmayne, que deu vida a um dos personagens mais incríveis que tive o prazer de conhecer (reparem na intimidade, haha), Newt Scamander, um ex aluno da escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, Lufano e apaixonado por criaturas mágicas. Newt pega sua maleta parcialmente secreta e parte em um navio rumo a Nova York, em plena década de 20, em uma missão animalesca, digamos assim... porém toda sua inocência e delicadeza (ou falta dela), faz com que alguns de seus animais deem uma leve escapada de sua proteção, e coloquem em risco a identidade dos bruxos e bruxas americanos. Em resumo, é isso... mas quando se trata de JK Rowling e sua mente sem fronteiras, não existe apenas uma história envolvida...


Comentários

1. Totalmente Lufano

     Já que estamos falando do Newt, o primeiro comentário é sobre sua personalidade. Que construção magnifica de personagem.. ele é bondoso, amoroso, extremamente fiel e não tem medo de lutar com determinação por seus sonhos e objetivos. O amor que ele tem pelos animais, por estudá-los, por conhecê-los melhor e querer que o mundo saiba que eles são inofensivos; o jeitinho de lidar com cada um deles, de proporcionar um casa, uma família... isso é lindo, e caracteriza totalmente um lufano. A casa de Hogwarts Lufa Lufa nunca foi muito apreciada, sempre taxada de ter alunos bobos e desajeitados... mas, sempre querendo quebrar barreiras preconceituosas, J K Rowling traz todas as informações necessárias para calar a boca de muito "bruxo trouxa" por ai... 

     E como se não bastasse, Eddie vem dar a opinião dele também... (quem quiser o link do video legendado, clique aqui )




2. "Harry Potter e os Bichos"??

     Não! Este filme veio para mostrar que o mundo da magia é muito maior do que aquele que já conhecemos com as histórias do "menino que sobreviveu". Voldemort não foi o primeiro bruxo das trevas, e sinto informar aos leitores, mas não será o último. Enquanto houver magia, enquanto aqueles que acreditam continuarem vivos, haverá bem feitorias e muita arte das trevas. 

     Nada de Harry Potter neste filme. Nada que me fizesse comparar as histórias. Uma produção totalmente nova, cheia de mistérios que deixam os cabelos em pé, mas com a essência do mundo que a gente já conhece... feitiços, poções, ministérios e leis mágicas... 

3. Alohomora! 

     E por falar em feitiços, eu achei tão perfeito os primeiros feitiços usados no filme serem um dos primeiros que nós conhecemos... Alohomora e Petrificus Totalus... tive uma sensação de nostalgia. Foi nesse exato momento que a ficha caiu, me contando que eu estava mergulhando no mundo mágico novamente... 

4. No-Maj

     Estamos falando agora de Jacob Kowalski. O "trouxa" ou "no-maj" mais fofo de todos os tempos. Adorei o personagem, sua determinação e simplicidade.. e, sem me conter e já fazendo um paralelo, ele me lembrou muito o Simon Lewis de Os Instrumentos Mortais. Sua história e desenrolar dos acontecimentos, a adaptação ao mundo novo e principalmente o rumo do desfecho do personagem... e também suas memórias.. tudo me lembrava Simon e eu já quero saber se tem como ascender ele para o mundo bruxo!!!




5. E os animais??

     Cada um com sua fantasia e sua magia, mas que juntos fizeram a festa no coração dos potterheads... vou falar sobre quatro deles que se destacaram...

Tronquilho → típicos "gravetinhos verdes" que Newt tem em sua maleta. Existe uma família completa deles, com cerca de 20cm de comprimento, camuflados em meio as folhagens, bastante tímidos e pacíficos... mas apenas um, o Pickett, não consegue viver longe de seu dono... portanto Newt reserva o bolso de seu casaco para ele... 



Erumpente ➝ Se for pra falar de animais da categoria peso pesado, este com certeza está no topo da lista. Visivelmente assustador, mas geralmente é uma criatura brincalhona e amigável... exceto quando está no cio hahaha... sua peculiaridade é um chifre luminoso que contém um fluído letal que pode explodir o que for perfurado...



Thunderbird (Pássaro-Trovão) ➝ Chamado de Frank por Newt, este pássaro lindo é uma criatura nativa do clima árido do Arizona, nos Estados Unidos, caracterizado pela cabeça de águia, ou até mesmo de Hipogrifo, e múltiplas asas que se camuflam nas nuvens ao anoitecer, além de ser capaz de promover tempestades e prever o perigo.



Pelúcio (Nifflers) ➝ Agora é hora de colocar um pouco de fofura e esperteza em uma mesma criaturinha safadinha. Pelúcio é muito parecido com um ornitorrinco de pelos negros e brilhantes, com uma forte tendência a travessuras e uma obsessão incontrolável por itens brilhantes e caros... e quando está atrás de seu objetivo, não é nada nada domesticável...



6. Aumenta o som!

     Não preciso nem perder muito tempo aqui pra dizer que a trilha sonora foi incrível... uma amplificação dos arranjos musicais de Harry Potter trouxe mais nostalgia e foi uma ótima forma de começar o filme... já despejando uma dosagem forte de adrenalina nas nossas veias... 

7. All That Jazz

     Ah os anos 20.. em Nova York então, foi genial. Adorei o figurino, principalmente das meninas... com destaque especial para todo o charme de Queenie. A época caiu muito bem no roteiro, e foi mais um ponto positivo na diferenciação dos mundos mágicos. A novidade foi o glamour vintage e a incrível Londres que abriu espaço para um novo palco em terras americanas. Adorei!





8. M.A.C.U.S.A.

     O Ministério da Magia dos EUA, que recebe o nome de Magical Congress of the United States of America, é bem parecido com o que já conhecemos, porém é governado por uma presidente fantástica: Seraphina Picquery.



9. O Lado 'Obscurus' da força...

     Se era pra ter medo, missão cumprida! Eu não gosto de filmes de terror e todo mundo tá cansado de saber isso. Mas algumas cenas me deixaram de cabelo em pé. Principalmente aquelas que se passaram no "orfanato anti-bruxo"...


     Com destaque especial para Credence, interpretado por Ezra Miller. Ele é um menino que vive dias difíceis no orfanato, sendo submetido constantemente a atos opressores de sua mãe adotiva. Protagonista de cenas intrigantes, principalmente aquelas ao lado do auror Percival Graves (Colin Farrell), funcionário renomado do MACUSA, Credence tem muita coisa pra mostrar... 


     ... e o Sr. Graves também!



10. Newt Suitcase

     Se você se apaixonou pela enorme barraca que os Weasleys montaram no torneio de Quadribol em O Cálice de Fogo, ou pela enorme capacidade que a bolsinha da Hermione teve em As Relíquias da Morte, prepare-se para perder o rumo de casa com a imensidão da maleta de Newt Scamander.



     Bom pessoal, como sempre eu me estendi aqui... falei muito, mas tenho certeza que vocês me entendem. Quem esperou 5 anos, agora só quer falar disso!! Em conclusão, valeu a pena esperar e o mais incrível... valeu a pena criar expectativas, pois elas foram superadas. Um roteiro novo, com detalhes que me fazem duvidar dos limites da mente de J K Rowling e um desfecho que deixou todos os queixos caídos. Deslumbrante... que venha o segundo filme!

     Espero que vocês tenham gostado, e que deixem nos comentários a opinião de vocês!! Beijos e até o próximo post... ;)


6 Comentários

  1. Oi, Izabela! =)
    Infelizmente ainda não pude assistir, estou roendo as unhas de ansiedade. Adorei a forma que vc escolheu para escrever sobre o filme. Assim você empolga o leitor mostrando o que pode encontrar no filme sem entregar tudo e perder a magia.
    Bjão.

    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Diego!! Obrigada pelo comentário e por enxergar exatamente o que eu quis propor com esse post.. espero que vc consiga assistir logo pq ta realmente incrível... e depois venha me contar o que achou.. beijoss e até mais..

    ResponderExcluir
  3. Juro que não tinha muito interesse por achar que o filme seria uma extensão do Harry bem boba, e nada original!
    Me conquistou Izão! hahaha qd eu tiver uma graninha vou assistir :) adorei a resenha de verdadão!

    ResponderExcluir
  4. Então eu tbm estava meio receosa pq a gente acaba criando muita expectativa e tive medo de ser ruim.. mas valeu a pena.. ela quis mostrar todas as vertentes do mundo bruxo.. vale a pena ❤️ Obrigada Ju

    ResponderExcluir
  5. onde á magia tem sempre muita diversão!!!! ótimo filme assim como todas da franquia

    ResponderExcluir
  6. Ualll Iza linda...adorei ...me convenceu a assistir..bjs

    ResponderExcluir